Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

Atalaia - Alagoas

 

Segundo os historiadores, Atalaia recebeu essa denominação por ter sido o local onde as forças que lutavam contra os Palmares ficavam de "atalaia". Acredita-se, também, que foi uma homenagem feita pelo Rei de Portugal ao Visconde de Atalaia, quando os habitantes do povoado pediram ao Rei a criação da vila.

No século de XVII, época dos Quilombos, o povoado foi chamado de Arraial dos Palmares. Domingos Jorge Velho, responsável por abrir caminhos, nas matas, para as tropas, com o fim do conflito, e a distribuição das sesmarias aos vencedores, transformou sua parte no povoado de Atalaia, onde foi erguida a igreja de Nossa Senhora das Brotas. Durante muitos anos, o povoado teve grande prosperidade, mas as lutas políticas fizeram com que os habitantes partissem, enfraquecendo o comércio e trazendo a decadência ao município, que não conseguiu mais recuperar seu prestígio econômico.

O Museu do Banguê, onde são colecionadas antigas peças de engenhos é uma das marcas da cultura na cidade, que foi o quarto núcleo de povoamento de Alagoas e cidade-mãe dos municípios de União dos Palmares, Capela, Cajueiro, Viçosa, Pindoba, Chã Preta e Murici.

Terra tradicional do pitu, camarão de água doce, Atalaia tem nas festividades uma marca pessoal. Destacando a festa da padroeira Nossa Senhora das Brotas, comemorada dia 2 de fevereiro, as cavalhadas e vaquejadas nos parques Graziela Thianny e Vicente Basílio, além dos tradicionais bailes do Centro Social Atalaiense.


Mapa do Site  |  Política de privacidade