Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

O abairramento de Maceió

 

50 Bairros oficiais de Maceió, homologada pela lei municipal 4952/2000

Desde janeiro de 2000, Maceió teve oficialmente definido em 50 o número de bairros da cidade. Mas, até hoje, em algumas regiões, muitas pessoas ainda fazem confusão sobre o bairro onde moram, porque desconhecem os novos limites.

Antes da sanção da lei que definiu o novo abairramento de Maceió, eram reconhecidas como bairros apenas 25 localidades, definidas a partir da divisão censitária do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com 514 quilômetros total de área, Maceió tem hoje 233 quilômetros considerados de área urbana. Dos 50 bairros, a com maior área territorial é o Benedito Bentes, que antes fazia parte do Tabuleiro do Martins. Com o abairramento definitivo, a cidade foi dividida em sete Regiões Administrativas, cada uma reunindo um grupo de bairros de uma mesma região e com características semelhantes.

Clique para ampliar!

Conheça mais da história dos bairros de Maceió

Seta Bebedouro

Um dos mais antigos e festeiros bairros de Maceió, Bebedouro é lembrado nos livros de história de Maceió como placo de memoráveis festas.

Seta Benedito Bentes

o Benedito Bentes virou "uma cidade" e até já tramitou na Câmara Municipal um projeto para transformar o conjunto num município, considerado sua imensidão.

Seta Bom Parto

O Bom Parto é um dos mais populares bairros de Maceió. É também um dos que apresenta menor extensão, encravado entre o Farol e a Lagoa Mundaú.

Seta Centro

“Ladeira do Urubu”, “Beco do Sapo”, “Rua do Veado”, “Beco do Mijo” são nomes que originaram o Centro de Maceió no inicio do século passado.

Seta Chã da Jaqueira

Tudo começou em 17 de março de 1958 nas terras de Djalma Fragoso de Alencar e Manoel Inácio de Almeida, que resolveram lotear o lugar.

Seta Cruz das Almas

Tudo começou com uma rua às margens da rodovia de acesso ao litoral Norte de Alagoas. O pequeno povoado transformou-se em um novo bairro de Maceió.

Seta Farol

o Farol foi sempre o bairro preferido da burguesia alagoana, que construíam suas mansões. Seu nome origina-se do farol no Planalto do Jacutinga, nome original.

Seta Feitosa

Tudo começou há exatos 102 anos, com a chegada do casal José Feitosa e Maria Feitosa da Conceição.

Seta Fernão Velho

A Historia da indústria têxtil em Alagoas, inicia-se exatamente em Fernão Velho, quando José Antonio de Mendonça, o barão de Jaraguá, inaugurou em 1858, a primeira fábrica de tecidos.

Seta Gruta de Lourdes

O velho Breda quis homenagear sua esposa, dona Lourdes e Nossa Senhora de Lourdes,e daí surgiu o nome do novo bairro: Gruta de Lourdes.

Seta Ipioca

Conhecido em todo país, como a terra onde nasceu o Marechal Floriano Peixoto, o segundo presidente da República.

Seta Jacarecica

Jacarecica, é um bairro localizado na região administrativa 1, zona norte da cidade de Maceió.

Seta Jacintinho

O nome é uma alusão ao rico proprietário Jacinto Athayde, descendente de portugueses, que construiu seu casarão no Poço.

Seta Jaraguá

Jaraguá surgiu antes mesmo da povoação de Maceió, originada de um engenho de açúcar de propriedade do coronel Apolinário Fernandes Padilha.

Seta Jatiúca

Tudo começou com um sítio de coqueiros que ainda hoje é preservado pelos herdeiros do historiador e folclorista Théo Brandão, à beira-mar.

Seta Levada

Antigo ponto turístico de Maceió, por onde chegam visitantes de todo o País, por via aérea, o bairro da Levada é hoje o maior centro de consumo de cereais.

Seta Mangabeiras

Espremido entre o morro do Jacintinho e o mar, o bairro de Mangabeiras originou-se de um imenso sítio, onde se plantava fruteiras, principalmente a mangaba.

Seta Pajuçara

Cantado em verso e prosa por esse Brasil afora, o bairro da Pajuçara, um dos mais tradicionais de Maceió, transformou-se numa referencia para o turista nacional e estrangeiro.

Seta Pitanguinha

Bairro típico, que mais parece uma cidade tranqüila de interior, com um povo hospitaleiro, festeiro e organizado.

Seta Poço

Toda área era um imenso sítio de propriedade do português Antônio Fernandes Teixeira e sua mulher, dona Maria de Aguiar.

Seta Ponta da Terra

Um dos fundadores da Ponta da Terra, foi o alagoano de Marechal Deodoro, Álvaro Otacílio, hoje, nome da principal avenida da orla marítima da Ponta Verde e Jatiuca.

Seta Ponta Grossa

Surgindo da imaginação festeira de foliões e forrozeiros, o bairro de Ponta Grossa, próxima ao Centro de Maceió, continua preservando sua tradição de reduto do mais popular carnaval de rua e das mais animais festas juninas.

Seta Ponta Verde

Considerada um dos cartões postais de Maceió, a praia de Ponta Verde era conhecida antigamente como a Praia das Acanhadas por que era procurada pelas tímidas jovens da sociedade que queriam se banhar sem serem vistas.

Seta Pontal da Barra

O bairro é visitado e admirado por todos os turistas que chegam à capital, seja adquirindo o típico artesanato ou saboreando os pratos feitos à base da lagoa ou do mar.

Seta Prado

Um dos bairros mais tradicionais de Maceió, o Prado entra na era do crescimento vertical, com o surgimento de arranha-céus, a exemplos dos edifícios Ômega, Antares, Vega e Maison Chateaubriand.

Seta Riacho Doce

Na década de 1930, o escritor paraibano, José Lins do Rego, encantado com toda beleza, escreveu Riacho Doce, um dos maiores best sallers do país.

Seta São Sebastião

Ouricuri, bairro pobre, encravado entre o Prado e a praia do Sobral, sempre foi sinônimo de violência, drogas e prostituição.

Seta Tabuleiro dos Martins

Tudo começou com um sítio do casal João Martins Oliveira e Stella Cavalcante de Oliveira, que viveram unidos durante 51 anos, e tiveram dez filhos.

Seta Trapiche da Barra

Antigo “caminho da vila”, o Trapiche de Barra é um dos bairros mais antigos de Maceió. Começou com um porto na lagoa Mundaú.

Seta Vergel do Lago

Com uma população estimada em mais de 60 mil habitantes, o bairro do vergel é um dos mais antigo de Maceió, que surgiu de um imenso sítio de fruteiras as margens da lagoa mundaú.


Mapa do Site  |  Política de privacidade