Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

Belém - Alagoas

 

O território, ocupado pelo município de Belém, no século XVIII, era um pequeno aldeamento de índios remanescentes dos "Xucurus", que viviam às margens do rio Lunga. Estes índios tinham o hábito de colher uma planta denominada "canudos", usada nos cachimbos. Uma grande quantidade existente junto a serra Canudos, conhecida na região como Guaribas. A formação do primeiro povoado  manteve o nome "Canudos".

Segundo a história, os primeiros desbravadores, foram às famílias de Tenório e Barbosa da Paixão, atraídas pela fertilidade das terras, implantaram grandes lavouras.

Por volta de 1900 o local contava com muitas casas e sítios. O comércio começava a progredir. Inúmeras bolandeiras foram implantadas.

Um grande desentendimento entre membros da família Tenório e Rodrigues de Santa Rosa, causou a morte de muitas pessoas. Canudos estava sob a jurisdição de Anadia.

Em 1953 elevada à condição de vila, foi acelerando o incremento sócio-econômico. Com o crescimento em 1962, por meio uma lei, estabeleceu autonomia administrativa. A mesma lei que criou o município modificou seu nome para Belém, aproveitando a sugestão dada por muitos religiosos que realizavam na região as chamadas missões.

A animação da população de Belém pode ser vista em duas de suas principais festividades: a festa do padroeiro, São Sebastião, comemorada de 11 a 20 de janeiro e os festejos juninos.


Mapa do Site  |  Política de privacidade