Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

Cajueiro - Alagoas

 

A história da cidade de Cajueiro tem início por volta do século XIX, quando o povoado começou a se formar em torno de um grande cajueiro que ficava no final da atual Rua dos Marcelinos, às margens do rio Paraíba, local preferido para descanso das pessoas do Agreste e Sertão em viagem para Maceió.

No ano 1904, Euclides Malta, governador de Alagoas, criou o município de Cajueiro, por meio da lei nº 427, anulada oito anos depois pelo governador, Clodoaldo da Fonseca, por um decreto-lei, que fez a cidade voltar à condição de distrito de Capela.

Em 1957, Antonio Palmery Soriano Melo e alguns vereadores encabeçaram o movimento para devolver a autonomia administrativa a Cajueiro. Com o apoio dos deputados, Oséas Cardoso e Abraão Fidélis de Moura, o movimento terminou vitorioso, com o desmembramento definitivo de Cajueiro em 1958, através da lei nº 2096, assinada pelo governador Muniz Falcão. A instalação da primeira prefeitura foi em 1º de fevereiro de 1959.

Cajueiro tem na criatividade o ponto forte de suas festividades, começam no mês de janeiro, com a festa da padroeira, Nossa Senhora do Livramento de 02 a 11 de janeiro, em seguida, o município faz um dos carnavais mais animados da Zona da Mata, no mês de março acontece o tradicional Baile Gay, em maio do dia 21 a 24, a vez do "Festa do Vaqueiro", o São João fora de época, que atrai milhares de visitantes, e em junho, o forró está de volta ao município com força total.

Em novembro, a vaquejada toma conta do lugar, preparando o espírito de solidariedade dos cajueirenses para o Natal e o Ano-novo. No atrativo turístico, destaca-se a fé, que leva centenas de fiéis ao Morro Santo, onde está uma estátua do Frei Damião.


Mapa do Site  |  Política de privacidade