Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

Joaquim Gomes - Alagoas

 

A origem do município de Joaquim Gomes está ligada a um antigo engenho, São Salvador, pertencente a José Correia de Araújo Barros. O engenho foi transferido para Joaquim Gomes Silva Rêgo, major da guarda nacional. Sua primeira providência foi mandar determinar a construção da igreja de Nossa Senhora da Conceição, na época, padroeira da localidade. O topônimo primitivo de Joaquim Gomes foi Urucu, nome de uma fruta da região. Antes da colonização também habitavam as terras os índios Urupês. Dessa tribo restaram apenas algumas antigas tradições mantidas até hoje na aldeia Cocal.

A prosperidade da pequena vila levou alguns senhores de engenho a iniciarem a luta pela emancipação, destacando o Sr. Osmário Gomes da Silva Rêgo que, aliado a Luiz de Aguiar Pessoa, comandou um grande movimento. A Lei 2.468, de 25 de agosto de 1962, deu autonomia administrativa ao município com a mudança do nome, que passou a ser o de seu fundador, Joaquim Gomes. O governador Luiz Cavalcante foi pessoalmente à cidade assinar a lei concedendo a emancipação política ao município, desmembrando de Passo de Camaragibe.

As festividades de Joaquim Gomes são seu maior atrativo: No primeiro dia do ano, a população se encontra no Baile da Confraternização; em seguida, vem a festa do padroeiro, São Sebastião dia 20 de janeiro; o carnaval tradicional em fevereiro; em maio, é a vez da Festa do Trabalhador dia 1; em junho, as festas juninas; a Emancipação Política dia 25 agosto; Independência do Brasil, comemorada dia 7 de setembro; Festa da Criança dia 12 de outubro; Proclamação da República 15 de novembro e as festas natalinas, que inicia dia 25 de dezembro.


Mapa do Site  |  Política de privacidade