Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

Olho d'Água Grande - Alagoas

 

Uma vasta planície de terras, que possuía um olho d`água de grande proporção, foi o local onde o povoado começou a se formar, logo depois que a família de Francisco Cordeiro Dantas veio para a região. Essa fonte de água mineral incentivou os moradores vizinhos a para chamar o novo povoado de Olho D`Água Grande, ainda hoje a fonte abastece todo o município, quando pertencia a São Braz, o povoado era conhecido como "Olho D`Água da Abóbora", em razão de haver muitas plantações de abóbora, na região. A fertilidade das terras contribuía para grandes safras, inclusive de mandioca. Quando o povoado passou à condição de distrito o nome Olho D`Água da Abóbora foi abolido.

O progresso do distrito interessou a moradores de regiões próximas, e muitos se transferiram para a região, principalmente por causa da fertilidade das terras. Nessa época começou, também, um movimento pela emancipação do distrito. Em 1962, por meio da Lei 2.462, o governador Luiz Cavalcante autorizou a autonomia de Olho D`Água Grande e nomeou Otávio Brito como prefeito. No ano de 1963, foi eleito João Claudino, um dos líderes do movimento pela emancipação, que contou, ainda, com o esforço de Machado Lobo, João Nascimento Filho, Lindor Santos, João Ferreira Nunes e Gelson Brito.

Sem pontos turísticos atrativos, o município investe nas duas principais festividades do seu calendário, que movimentam a cidade com muitos visitantes: a festa da Emancipação Política, dia 14 de setembro e a do padroeiro São José,  no dia 19 de março.


Mapa do Site  |  Política de privacidade