Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

Olivença - Alagoas

 

Por volta de 1850 inicia a história do atual município de Olivença, nos primeiros registros constam, que na época, apenas um pequeno lugarejo pertencente ao território do município de Santana do Ipanema, com alguns poucos habitantes, entre eles,Antonio Serapião, Manoel Justino e Manoel Luiz da Costa.

Quase 50 anos depois, em 1898, duas famílias, provenientes de Lagoa da Canoa, instalaram-se na região, a de Manoel Vieira de Oliveira e de Belarmino Vieira de Oliveira, iniciaram o desenvolvimento da região com a implantação de pequenos sítios voltados para a agricultura e a pecuária. O lugar ficou conhecido como "Capim" e teve este nome até a emancipação política.

Cumprindo a tradição entre os ricos proprietários de terras do interior de Alagoas, as próprias famílias construíram uma capela em homenagem à Nossa Senhora do Carmo, padroeira do povoado. A matriz que existe até hoje só foi construída em 1938, mesma época da instalação da feira do povoado. A Vila do Capim foi crescendo e, em 1930, já tinha características de uma pequena cidade, mesmo ainda sendo povoado de Santana do Ipanema. Neste mesmo ano, os moradores tentaram a autonomia administrativa com principais líderes João e Odilon Vieira.

Em 1959, por meio da lei 2.092, Capim foi elevada à condição de município autônomo com o nome de Olivença, que caracteriza a junção dos sobrenomes das famílias fundadoras do município. Mesmo enfrentando adversidades por conta da aridez da região, Olivença é formada por um povo festeiro e alegre, comemoram efusivamente as duas grandes festas do município: a Emancipação Política, dia 2 de fevereiro e da padroeira Nossa Senhora do Carmo, dia 16 de julho.


Mapa do Site  |  Política de privacidade