Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

Porto Real do Colégio - Alagoas

 

O povoamento de Porto Real do Colégio começou por volta do século XVII. Várias tribos, como os Tupinambás, Carapotas, Aconás e Cariris habitavam na região e viviam da caça, pesca e lavoura. Os bandeirantes, vindos da Bahia e que desciam o rio São Francisco, e os padres jesuítas foram os primeiros a chegar a Porto Real do Colégio. Os jesuítas conseguiram fixar as tribos indígenas nos arredores da sede e mandaram construir uma pequena capela sob a invocação de Nossa Senhora da Conceição.

Por volta do século XVIII havia um convento e um colégio. Os padres ensinavam outras línguas, como o latim. Alguns anos depois, os portugueses, ajudados por negros africanos, construíram, em plena mata, um engenho de açúcar e implantaram uma fazenda de gado. O povoamento de Porto Real do Colégio, de modo geral, foi resultado da fusão de três raças: o branco, representado pelo português; o negro, trazido para o trabalho agrícola; e o índio, que era o dono da terra. Um fato importante para o povoado foi a passagem de Dom Pedro II, em 1859. Ele visitou os índios antes de ir até a cachoeira de Paulo Afonso, na Bahia.

No ano de 1876, a vila foi criada pela resolução 737. Em 1880, uma lei definiu os limites do novo município. Os grandes destaques festivos do município são a festa da padroeira, Nossa Senhora da Conceição, comemorado dia 8 de dezembro, e a da Emancipação Política. Entre os atrativos turísticos, toda a beleza do rio São Francisco, que banha a cidade e é o maior divertimento local nos finais de semana.


Mapa do Site  |  Política de privacidade