Estado de Alagoas

Página Inicial
História
Notícias
Cidades
Maceió
Símbolos
Alagoanos Notáveis
Governadores
Principais destinos
Gastronomia
Folclore Alagoano
Cultura
Economia
Esporte e aventura
Praias
Lagoas
Artesanato
Aeroporto
Teatro Deodoro
Curiosidades
Livro de Visitas
Links
E-Mail

São Brás - Alagoas

 

São Brás era um pequeno povoado cujo território, jurisdição civil e eclesiástica, pertencia a Porto Real do Colégio. E sua história se desenvolveu paralela à de Porto Real do Colégio. O nome surgiu em homenagem ao padroeiro do local, que morreu lutando pela emancipação da vila.

Os primeiros habitantes foram os índios das tribos Tupinambás, Carapotas, Aconás e Cariris. Os bandeirantes, que se fixaram no território no século XVII para explorar a região do São Francisco, iniciaram o processo de civilização entre os indígenas. Porto Real do Colégio cresceu em torno de uma capela construída em homenagem a Nossa Senhora da Conceição. Muitos dos que foram morar na região escolheram outras áreas para instalar fazendas, e, aos poucos, surgiu o povoado de São Braz.

A freguesia foi determinada por meio da Lei Provincial 702, de 19 de maio de 1875. E a vila, em 28 de junho de 1889, também pela lei provincial. O município foi criado logo depois, desmembrado de Porto Real do Colégio. Em fevereiro de 1932, o decreto estadual 1.619 revogou a lei que criou o município e anexou São Braz a Traipu. A Constituição de 1935 cancelou o ato que, depois, foi novamente suprimido por meio do decreto 2.442, de outubro de 1938. Só com a Constituição de 1947 é que São Braz voltou a ter autonomia política.

As duas maiores atrações do município são: as festividades em comemoração da Emancipação Política no dia 1° de outubro e o dia do padroeiro São Braz, que deu o nome à cidade, comemorado com fé e religiosidade no dia 03 de fevereiro.


Mapa do Site  |  Política de privacidade